Aprenda a como incluir o Google Search Console na sua estratégia de SEO -– Digital Land

Aprenda a como incluir o Google Search Console na sua estratégia de SEO

Aprenda a como incluir o Google Search Console na sua estratégia de SEO
"Apróx. 6 min de leitura".

Se você já investe em marketing digital na sua empresa, certamente já ouviu falar no Google Search Console ou no Webmaster Tools — nome do recurso até algum tempo atrás. Trata-se de um conjunto de ferramentas muito úteis para a estratégia de SEO — e o melhor: disponibilizado gratuitamente.

Os objetivos do Search Console são identificar como os usuários chegam até você e, principalmente, mostrar como o Google enxerga o seu site ou blog. Assim, você consegue fazer otimizações para melhorar o ranqueamento de páginas e o desempenho de pesquisa.

Continue a leitura e saiba como aplicar as funcionalidades desse recurso na sua estratégia de SEO!

 

O que é o Google Search Console?

O Search Console é uma nova versão do Webmaster Tools, nome que o recurso recebia até poucos meses atrás. A mudança na nomenclatura se deve, simplesmente, a uma percepção do Google de que as ferramentas eram usadas por um público mais abrangente do que o de programadores (webmasters).

Qualquer um que se interesse por SEO e queira otimizar o desempenho de pesquisa do seu site ou blog pode utilizar o Search Console. Para tanto, basta ter uma conta no Google, adicionar seu site e receber um arquivo HTML para começar a navegar pelas ferramentas.

 

Quais são as principais funções?

Mesmo que esteja tendo bons resultados com a estratégia digital, acredite: todo site pode ir além em seu potencial. As funcionalidades do Google Search Console promovem benefícios, como:

  • melhorias no HTML, que deixam as páginas mais rápidas;
  • análise mais profunda do tráfego orgânico;
  • otimizações na linkagem interna dos conteúdos;
  • maior expressão de ranqueamento;
  • crescimento da visibilidade das páginas, entre outros.

Para entender como chegar a todos esses resultados, confira um resumo das principais ferramentas.

 

Site Dashboard

Essa é a página inicial do Google Search Console. Algumas horas depois que a propriedade do site que você incluiu na sua conta for confirmada, o buscador já fornecerá nessa home uma série de informações sobre a primeira varredura realizada em suas páginas.

Ele apresentará gráficos com as principais pesquisas e cliques dos últimos 30 dias e a proporção de páginas que foram indexadas pelo Google (quanto mais próximo de 100%, melhor), por exemplo.

 

Search Appearance

Essa ferramenta reflete o aspecto de pesquisa, ou seja, como o Google vê o seu site ou blog. Basicamente, ela mostra as páginas da forma como elas aparecem para uma pessoa após a pesquisa no buscador. Você conseguirá ver o título da página, o endereço URL e a seleção snippet.

Além disso, o Search Appearance fornece importantes relatórios para que você possa otimizar a aparência do seu site nos resultados de busca. Por exemplo, é possível analisar os Dados Estruturados, os quais mostram erros de marcação nas páginas que impedem a boa indexação.

 

Search Traffic

Nesse menu, você consegue medir a popularidade do seu site e analisar o tráfego orgânico de pesquisa. Há relatórios de backlinks (sites que fizeram referência ao seu), da estrutura dos links internos, da usabilidade em dispositivos móveis etc. Além disso, você confere no Search Analytics:

  • as palavras-chaves do seu site que mais apareceram em resultados de busca;
  • os países que mais acessaram suas páginas;
  • a proporção de acessos em dispositivos móveis e desktops;
  • a comparação de visitas por data;
  • a taxa de CTR (click, through, rate), que consiste na diferença entre o número de cliques e a quantidade de visualizações.

HTML Improvements

Uma das mais importantes ferramentas do Google Search Console, o menu de melhorias no HTML gera um relatório com todos os erros e dificuldades encontrados nas suas páginas. Todas as falhas indicadas atrapalham o ranqueamento. Assim, vale a pena analisar os apontamentos e partir para as correções. Alguns erros possíveis são:

  • títulos duplicados (normalmente, ocorre porque uma nova versão foi criada e o administrador esqueceu de deletar a anterior);
  • tittle tags muito longas, muito curtas, ausentes ou pouco informativas;
  • problemas nas meta descriptions;
  • conteúdos não indexáveis etc.

Google Index

O Google Index — ou Índice do Google — apresenta informações sobre como os robôs do Google acessam suas páginas ou bloqueiam o conteúdo. A ferramenta é muito valiosa e fornece dados a partir de:

  • status do índice: apresenta as páginas indexadas, o número de quedas e as mudanças repentinas, que podem indicar problemas de segurança ou configuração do site;
  • arquivo robots.txt: mostra as URLs bloqueadas após uma varredura completa no seu domínio, incluindo CSS, arquivos de imagem e JavaScript;
  • estatísticas de rastreamentos: indicam o número de páginas indexadas por dia e o tempo de download da página, além de erros nas URLs que impedem o rastreamento pelo Google.

Há ainda a ferramenta “Buscar como o Google”, que simula uma indexação para que você veja quais elementos do site em Flash ou Javascript estão dando certo.

Como utilizar essa ferramenta na estratégia de SEO?

As funcionalidades que citamos são apenas as mais populares. O Google Search Console conta com várias outras ferramentas muito valiosas para sua estratégia de SEO. Por isso, vale a pena investir tempo nessas adequações. Veja algumas sugestões de como utilizar o recurso.

Use o estudo de tráfego para o direcionamento da estratégia

Com as análises de tráfego orgânico, você entenderá como o usuário chega até o seu site ou blog e como ele costuma acessá-lo. Essas são importantes informações para direcionar sua estratégia. Por exemplo, se há um maior número de acesso por dispositivos móveis, a dica é investir em usabilidade e em aceleração de páginas.

Faça melhorias de HTML

Aproveite os relatórios de performance para corrigir as falhas que impedem um bom ranqueamento do seu site. Como já citamos anteriormente, mesmo que esteja tendo bons resultados na estratégia digital, esses detalhes podem contribuir para aumentar ainda mais o seu potencial de alcance.

Acompanhe métricas importantes

Todos os menus e submenus podem ser usados como métricas importantes. Recomendamos que haja uma regularidade nas análises, pois os problemas corrigidos comumente voltam a aparecer. Os relatórios de melhorias do HTML, de status do índice, de CTR e de volume de buscas por palavras-chaves são especialmente úteis.

Como você viu, o Google Search Console é um poderoso aliado na estratégia de SEO. Por isso, não deixe de aproveitar suas principais funcionalidades. No caso das ferramentas mais avançadas, vale a pena contar com profissionais experientes em marketing digital para extrair o melhor de cada recurso.

Este certamente é um conteúdo essencial. Então, compartilhe-o em suas redes sociais para que seus amigos também conheçam essas importantes ferramentas!

Related Posts

share
× Posso Ajudar?