Google Accelerated Mobile Pages (AMP): a tecnologia e suas vantagens -– Digital Land

Google Accelerated Mobile Pages (AMP): a tecnologia e suas vantagens

Google Accelerated Mobile Pages (AMP): a tecnologia e suas vantagens
"Apróx. 6 min de leitura".

O mundo digital agora é móvel. A pesquisa TIC Domicílios 2017, divulgada pelo Comitê Gestor da Internet (CGI.br), mostra que cerca de metade dos brasileiros utiliza somente smartphones e tablets para acessar a internet.

Nessa realidade, a rapidez no carregamento das páginas é crucial para a permanência dos visitantes — e aí entram as vantagens do Google Accelerated Mobile Pages (AMP). Apresentada pelo Google em 2015, essa tecnologia usa a velocidade como um dos fatores que melhoram a experiência do usuário.

Por isso, é importante estar atento a essa novidade para otimizar seus conteúdos e conseguir resultados melhores! Leia o texto a seguir e veja como se beneficiar do Google AMP!

O que é o Google AMP?

Ao lado de investimentos em mecanismos de busca por voz, o Google AMP é uma das grandes sacadas do Google para melhorar a experiência do usuário. Com a bandeira do “mobile first”, a tecnologia promove otimizações no carregamento de páginas em dispositivos móveis para que as respostas passem a ser quase instantâneas.

Sua arquitetura manipula o código HTML do resultado. Assim, oferece uma versão simplificada do conteúdo — com fotos, GIFs e vídeos —, que aparece de forma muito rápida. As páginas compatíveis com AMP vêm com a sigla. A configuração é constituída por:

  • AMP JS: assegura a renderização praticamente instantânea das páginas;
  • AMP HTML: com tags específicas do Google AMP, tem diferentes restrições e extensões;
  • AMP Cache: parte opcional da estrutura, armazena os resultados em cache nos servidores do Google.

Com o acesso mais facilitado à internet móvel, a necessidade de priorizar a velocidade é gritante — páginas muito lentas, além de prejudicarem o engajamento do público, recebem marcações de alerta que podem ser decisivas para a permanência do usuário em um site. O objetivo é oferecer um desempenho tão responsivo quanto o de aplicativos nativos.

O AMP funciona em diferentes canais?

A tecnologia está disponível para todos: como é uma iniciativa open source, é possível aplicá-la livremente, integrar suas publicações ao código e, ainda, propor melhorias em sua estrutura. A tendência prioriza a velocidade no carregamento em dispositivos móveis, mas também pode ser aplicada em interfaces para computador.

Como se estende a diferentes páginas, otimiza a experiência do usuário em todas as etapas da navegação. Por isso, a home, as landing pages e as páginas de conteúdo e de produtos podem ser otimizadas com o Google AMP. O desempenho promove um melhor ranqueamento e menores índices de abandono no acesso.

Qual é o procedimento para usar o AMP?

Ao utilizar o código, a página ganha uma segunda versão que recebe o /amp no final da URL. Algumas plataformas, como o WordPress, já dispõem do plug-in oficial para facilitar a adesão ao Google AMP. Assim, basta ativar a configuração, validar o código e acompanhar a indexação.

Mesmo que o site ainda não tenha essa facilidade de integração, existem outras possibilidades, como utilizar a documentação fornecida pelo Google Search Console e pelo site do AMP Project. As orientações ajudam a construir a estrutura HTML AMP de forma personalizada, enquanto respeitam as restrições do código.

Por que esse recurso é vantajoso?

A principal vantagem do AMP está relacionada à taxa de rejeição. Com o carregamento instantâneo, diminui a porcentagem de usuários que abandonam a página em razão da espera de alguns segundos pelo resultado. Veja outros benefícios!

Abrangência e alcance

A transformação digital faz que cada vez mais pessoas utilizem os dispositivos móveis para acessar a internet. Não só para aplicativos nativos, mas para as versões híbridas das principais redes sociais e de buscadores como o Google. Pensando nisso, muitas empresas já levam em conta a responsividade nas opções móveis de seus sites e blogs.

No entanto, a quantidade crescente de informações e possibilidades exige um passo além. Apostar no carregamento instantâneo permite um alcance maior de público, já que os resultados são favorecidos no ranqueamento. Além disso, a resposta lenta pode frustar o visitante e levar as chances de conversão a caírem.

Engajamento de público

Em 2015, a Microsoft divulgou uma pesquisa que aponta que o tempo médio de atenção de um adulto é de 8 segundos. Isso é um reflexo da realidade digital atual: o excesso de estímulos e a variedade de assuntos promove uma seleção muito mais dinâmica, ligada a aspectos-chave que prendem o usuário na página.

Para que o tempo de permanência seja suficiente para promover a relevância do conteúdo, é preciso apostar em estratégias que vão ao encontro desse novo comportamento do consumidor. A velocidade de carregamento aumenta as chances de que o usuário tenha acesso ao material, o que eleva a possibilidade de engajamento.

Facilidade e versatilidade

Integrar a tecnologia AMP a um site ou blog não é difícil. Ao contrário, o código tem livre acesso e basta acertar a configuração das páginas para que tenham a versão Google AMP. Só é preciso ter um especialista em HTML para adaptar o formato às necessidades da empresa.

Além disso, não há restrições em relação às mídias: tanto conteúdos de texto quanto de imagem e vídeo têm ótimo desempenho no código adaptado. Dessa forma, a estratégia digital não perde em nada na versatilidade e na produção de materiais de acordo com a segmentação de público.

Resultados expressivos

A utilização do Google AMP está intimamente ligada à melhoria nas taxas de conversão. Afinal, cada segundo a mais que o usuário tem de esperar para ter acesso ao conteúdo diminui suas chances de fechar negócio futuramente. O público atual é altamente seletivo e tem poder de decisão cada vez maior.

Vale salientar que existem momentos-chave de conversão que não podem ser ignorados. Páginas com bom desempenho de carregamento funcionam como aliadas no processo de encantamento, enquanto publicações lentas favorecem a rejeição e a perda de engajamento. Por isso, esse aspecto afeta diretamente os resultados do negócio.

Após essa leitura, é mais fácil entender por que essa novidade é cada vez mais popular. Afinal, a tecnologia Google AMP é uma grande aliada na hora de impulsionar páginas e conteúdos. Ao proporcionar melhor experiência para o usuário, seus resultados são mais expressivos e o sucesso da estratégia, garantido.

Para aproveitar os benefícios do Accelerated Mobile Pages e de outras tendências, vale a pena contar com a ajuda de especialistas. Quer saber mais? Leia sobre os serviços oferecidos por uma consultoria em marketing digital e saia na frente!

google amp; accelerated mobile pages