6 tendências tecnológicas que irão impactar o mundo e o marketing -– Digital Land

6 tendências tecnológicas que irão impactar o mundo e o marketing

6 tendências tecnológicas que irão impactar o mundo e o marketing
"Apróx. 7 min de leitura".

Grande parte das atividades do dia a dia envolve algum tipo de tecnologia. Uma conversa com amigos por aplicativos de mensagens, o uso de um micro-ondas para aquecer o café ou de um simples relógio são capazes de gerar uma diversidade de informações — e esta é a base das principais tendências tecnológicas para os próximos anos.

Neste artigo, apresentamos 6 grandes tendências tecnológicas para o futuro, mostrando como influenciarão o mundo e as empresas. Acompanhe!

 

1. Blockchain

Essa é a tecnologia por trás de moedas virtuais como o Bitcoin. O Blockchain, ou Cadeia de Blocos, em português, divide informações em diversas partes, cada uma com uma assinatura única, uma espécie de chave digital.

A tecnologia do Blockchain ajuda a dar mais segurança aos processos, pois tudo é criptografado e a informação é guardada em diversos blocos, que armazenam as assinaturas digitais de todos os envolvidos. É assim que as cadeias são formadas.

O blockchain é mais seguro do que os bancos de dados atuais, devido à descentralização de dados. Essa característica dificulta a ação de hackers, que para ter acesso a alguma informação, precisariam achar falhas em diversos pontos, decifrar as criptografias de vários blocos e modificar os dados em cada computador ligado à rede, o que exigiria uma performance de processamento muito superior ao que eles têm com as tecnologias atuais.

As moedas virtuais dão mais poder ao consumidor, sem intervenção ou vínculos a empresas, bancos ou governos, mas a tecnologia do blockchain é também uma das grandes tendências tecnológicas para outros ramos de negócios, como Fintechs (companhias do setor financeiro) e serviços de streaming — a exemplo da Amazon e Netflix.

O Santander, por exemplo, lançou a solução One Pay FX com o uso da tecnologia, em abril de 2018, seguindo a tendência das startups. A novidade possibilita a transferência de dinheiro entre países em até duas horas, muito mais rápido do que o tempo atual, que é de dois dias. Isso é possível devido à diminuição de custos e a falta de necessidade de uma entidade que precisa validar cada ação.

 

2. Inteligência artificial

O avanço nas tecnologias, no uso de dispositivos móveis e na geração de dados, faz da inteligência artificial uma das grandes tendências para o futuro, mas que já está sendo utilizada por empresas na atualidade. As máquinas estão não só armazenando informações, como estão aprendendo e sendo capazes de fazer previsões e tomar decisões com base nas ações anteriores do consumidor.

Essa realidade faz com que computadores e sistemas realizem atividades com mais facilidade e menos custo do que um humano. Os programas de reconhecimento facial, a Alexa (que responde por meio da fala às pesquisas por voz) e os chatbots são exemplos da aplicação de inteligência artificial.

Isso nos faz perceber que o aumento da automação é uma das grandes tendências tecnológicas para o futuro e esse aspecto tem um grande impacto no mundo laboral, pois se os robôs começarem a realizar atividades humanas, é possível que alguns cargos não existam no futuro, como o de motorista, algumas especialidades médicas e contadores, por exemplo.

 

3. Internet of Things (IoT)

A Internet das Coisas tem como objetivo conectar aparelhos ao mundo digital. Os equipamentos utilizados no dia a dia, como relógios, televisões, maçanetas e roupas, seriam conectados não só à internet, mas também a outros dispositivos, como smartphones e laptops.

A IoT contribui para o crescimento na geração, análise e uso de dados, já que os dispositivos estarão constantemente lendo informações de seus usuários. Os aparelhos vestíveis, como os smart watches e as roupas inteligentes, poderão coletar e compartilhar informações, como frequência cardíaca e pressão sanguínea.

A tecnologia pode trazer grandes benefícios para as empresas, que podem utilizar as informações para entender melhor o comportamento do cliente, seus hábitos e, assim, aperfeiçoar suas soluções, criar melhores campanhas de marketing e de fidelização do cliente.

Uma maneira de fazer isso é monitorar a performance de produtos vendidos e oferecer soluções ou reparos quando for percebida a necessidade. No caso de uma impressora, por exemplo, quando faltar tinta, o fabricante pode entrar em contato para envio de um novo cartucho ou fazer isso automaticamente.

A tendência para o futuro é que a Internet of Things seja aplicada no desenvolvimento de coisas inteligentes, desde casas até cidades. Um exemplo é o Mobii, protótipo da Intel feito para a Ford que pretende instalar câmeras e sensores em veículos para realizar ações como recomendações de músicas, de trajetos, facilitar o acesso aos contatos e realizar ligações, fazer anotações de voz e habilitar ou não o uso do carro por pessoas que não sejam as proprietárias — o que ajuda a prevenir furtos.

 

4. Realidade aumentada

Essa tecnologia mistura mundo real e virtual de uma maneira que lembra os hologramas. O Pokemon Go, jogo de smartphone que ficou muito popular em 2016, faz uso da realidade aumentada para posicionar personagens digitais em ambientes físicos. Outro exemplo é o Google Glass, os óculos cujas lentes projetam planilhas, informações do clima e outros elementos.

A realidade aumentada pode ser bastante útil no dia a dia das pessoas no futuro. Um exemplo de sua aplicação é a possibilidade da criação de para-brisas, nos quais o condutor ou passageiro poderá ver informações como a velocidade e rotas, evitando que o motorista olhe para outros lugares. Em agosto de 2018, a Apple ganhou a patente para uma solução desse tipo, pela qual o usuário pode interagir com um display e até mesmo realizar videochamadas.

Outra empresa que tem uma solução com a realidade aumentada é a Ikea. Por meio de seu aplicativo Place, os consumidores podem averiguar como os móveis da marca ficariam em sua casa antes de realizar a compra, considerando o tamanho e até mesmo as cores.

Essa pode ser uma das grandes tendências tecnológicas para empresas de varejo que pretendam investir mais em mobile marketing.

 

5. Realidade virtual

Na realidade virtual, o usuário, por meio de óculos específicos que cobrem seu campo visual completamente, vê e interage com paisagens ou elementos que, na verdade, não estão no local ou sequer existem.

A tecnologia representa uma oportunidade para companhias de diversos segmentos, como as de turismo, por exemplo, que podem proporcionar ao cliente uma experiência imersiva de como suas férias podem ser indo a cafés em Paris ou assistindo ao show de sua banda favorita no Rock in Rio, por meio de fotos e vídeos gravados com uma câmera de 360º, dando a impressão que a pessoa está no local.

Outra utilidade da realidade virtual é sua aplicação por empresas que trabalham com casas e apartamentos. A tecnologia pode ser utilizada por engenheiros e arquitetos, por exemplo, para mostrar uma simulação da decoração e da disposição de móveis.

Já que dá para oferecer aos clientes uma experiência tão interessante, que tal utilizar para contar estórias (storytelling), de uma forma emotiva, que cative o público-alvo? A Barneys New York fez isso para promover uma coleção de primavera: os clientes poderiam assistir a um vídeo interativo na loja ou no site oficial e “andar” por um palco, no meio de uma performance de dançarinos, usando os modelos.

 

6. Impressão 3D

Essa tecnologia não é tão nova, mas também pode ser considerada uma das principais tendências tecnológicas para o futuro, pois seu uso tem ficado mais comum e suas impressoras mais baratas, facilitando o acesso do consumidor final que pode utilizar a máquina para produzir objetos tridimensionais sólidos.

Essa tendência pode ser um alerta para algumas empresas, já que a tecnologia pode ser utilizada para imprimir objetos diversos, de variados tamanhos e materiais, desde enfeites de escritório até prédios.

A tecnologia pode ser usada ainda para salvar vidas. Há projetos para imprimir tecido humano, a fim de substituir órgãos que apresentem falhas, e interromper o teste de produtos em animais.

A maioria das tendências tecnológicas tem relação com o aumento na quantidade e na facilidade de geração de dados, como você pôde perceber ao longo deste artigo. No futuro, poderão ser decisivas para a continuidade de muitas empresas, que precisarão se adaptar a uma nova realidade.

Se você quiser saber sobre o uso de dados no marketing, leia agora nosso artigo sobre a importância do web analytics.

share
× Posso Ajudar?