Saiba o que é growth hacking e gere resultados rápidos e assertivos -– Digital Land

Saiba o que é growth hacking e gere resultados rápidos e assertivos

Saiba o que é growth hacking e gere resultados rápidos e assertivos
"Apróx. 7 min de leitura".

Falar do crescimento escalável de um negócio é mais do que falar sobre tendências de marketing, é também uma forma de manter a empresa com equilíbrio financeiro. O marketing digital aqueceu diversos nichos de mercado e entender o que é growth hacking pode ser a solução para que a sua marca se estabeleça, conseguindo os melhores desempenhos.

Se você está buscando ferramentas e atalhos para fazer os resultados crescerem exponencialmente, na certa vai gostar de conhecer essa prática. Neste artigo falaremos sobre o que é growth hacking, como surgiu, além das vantagens de usar essa técnica. Aproveite para conferir as principais dicas que ajudarão a sua empresa a decolar rapidamente!

Afinal, o que é growth hacking?

Assim como a tecnologia trouxe inovação e agilidade para diversas áreas, da produção industrial às soluções oferecidas por instituições financeiras, as estratégias de marketing também se reinventaram.

Uma livre tradução de growth hacking poderia ser “atalho para o crescimento”. O objetivo é usar ferramentas que já se encontram no mercado com novas inteligências para ter resultados melhores.

Como o marketing digital trouxe uma análise mais aprofundada do consumidor, seus hábitos e a chance de monitorar seu comportamento, o growth hacker (profissional que trabalha com growth hacking) deve encontrar as brechas — ou gatilhos — para processos mais impactantes.

Da mesma forma que um cientista precisa analisar e observar antes de afirmar algo, esse novo profissional também precisa analisar para descobrir o melhor caminho rumo ao sucesso.

Confira de onde surgiu essa estratégia

Sean Ellis (responsável pelo crescimento de gigantes como DropBox e LogMeIn) fundou o termo dessa estratégia com o objetivo de explicar a sua prática. Após os números alcançados com essas empresas, ele foi cada vez mais procurado por outras startups que desejavam crescer rapidamente. Ele é também o criador do growthhackers.com — endereço com dicas, cursos online e discussões sobre o assunto.

Quais são os principais benefícios do growth hacking?

Como o growth hacking está relacionado à realização de novos testes para campanhas de marketing, usando a análise aliada à automação de marketing para definir novos processos e metas, você confere muitas vantagens implementando a estratégia. As principais são:

  • entendimento sobre o seu público, suas tendências de consumo e pelo que tem se interessado;
  • aceleração do aprendizado sobre o negócio, se posicionando rapidamente depois de realizar as ações do seu plano de marketing digital;
  • acesso aos dados estratégicos de web analytics para usar na inteligência de marketing;
  • otimização dos investimentos e resultados das ações de marketing;
  • mais segurança e melhor direcionamento para a tomada de decisões;
  • crescimento exponencial e resultados tangíveis, de acordo com o objetivo traçado, em outras palavras: sucesso das campanhas de marketing.

O que aprender com exemplos reais?

Para entender melhor como funciona essa estratégia, confira alguns cases de sucesso que usaram o growth hacking como modelo para crescimento dos resultados:

Facebook

Lá nos primórdios, quando o Facebook deixou de ser uma rede restrita dos alunos de Harvard para transformar-se em uma das maiores redes sociais do mundo, surgiu o problema de manter a frequência dos usuários e continuar conquistando adeptos.

Duas estratégias fortes para a plataforma foram: o uso um plugin em sites que convidavam a pessoa a curtir a página da instituição no Facebook, isso forçava o visitante a se cadastrar na rede social. E o uso da barra de rolagem infinita com sugestão de amigos. A partir da análise do usuário, eles descobriram que quando a pessoa se conectava a pelo menos 7 usuários, as chances de ser um usuário ativo aumentavam. Dessa forma, criaram a a barra de rolagem com indicações de amizade, fazendo associações com os contatos da conta de e-mail fornecida no cadastro.

Quora

O site de perguntas e respostas trabalhava com dois problemas que dificultavam seu crescimento: o cadastro de novos usuários e oferecer respostas de qualidade. A estratégia para resolver as duas situações foi contatar influenciadores de diversos nichos para participar do projeto.

Dessa forma, a pessoa tinha suas dúvidas respondidas por grandes nomes na área de interesse.

Coca-cola

Ao lançar um novo sabor de um dos seus refrigerantes, a Fanta Guaraná, a Coca-cola usou o chatbot do Facebook para distribuir vouchers para retiradas de 2 amostras grátis da bebida em um McDonald’s perto da pessoa, para que ela compartilhasse a experiência com um amigo.

A campanha, que usou uma parceria com a rede de fastfood, geolocalização e o atendimento por robô, foi uma maneira inovadora de trabalhar com essas tecnologias e ter excelentes resultados.

Como aproveitar o melhor dessa estratégia?

Para implementar a estratégia de growth hacking usando o melhor que ela pode oferecer, você pode seguir um ciclo simples, porém eficiente, para entender quais ações geram o melhor retorno para a sua empresa. Veja a seguir:

  • Definição do objetivo: o que você precisa melhorar? Pode ser que uma empresa precise melhorar a captura de novos leads, enquanto outra está interessada em ter um atendimento mais eficiente e próximo do seu público. Antes de começar, determine para onde vocês vão olhar.
  • Brainstorm: agora é hora de chover ideias, sem a censura porque não parece que vai dar certo ou é ruim. Deixe que todos contribuam, só assim para que grandes soluções brotem da reunião.
  • Montagem do plano: avalie quais das opções apresentadas fazem mais sentido para atingir o objetivo traçado e crie um plano com processos simples.
  • Fase de testes: agora é hora de colocar em prática, monitorando e documentando todas as métricas da campanha.
  • Aprendizado: aqui entra a inteligência dessa estratégia, avaliando quais partes do processo deram certo, o que precisa ser melhorado e como colocar em prática o novo ciclo que possibilitará a escalabilidade da sua empresa e otimização dos resultados.

Quais ferramentas de marketing digital usar?

Talvez você já tenha percebido que o growth hacking é um misto de análise de dados e criatividade. Por isso, algumas ferramentas ajudarão na automação de processos que permitem a escalabilidade e, ao mesmo tempo, não diminuem a relação humana da sua marca com o público. Ou seja, além de tudo, ainda reforça o branding digital.

Algumas dicas para usar o growth hacking são:

  • e-mail marketing e CRMs ajudam a acompanhar seus leads durante o ciclo de vendas, sem perder o timing e reduzindo os custos com marketing e vendas;
  • estratégias automáticas para captura de novos leads são fundamentais para alimentar seu funil de vendas constantemente;
  • ferramentas como chatbots e FAQ inteligentes são ideais para melhorar o relacionamento com o público sem altos investimentos;
  • testes A/B são o caminho ideal para descobrir qual a melhor solução para o seu problema.

Como você percebeu, um negócio que pretende cuidar do crescimento de forma acertada, deve estar em constante pesquisa por novas tecnologias, tendências de comportamento e realizando testes com a audiência para ter os melhores resultados. Entendendo o que é growth hacking, você também percebe que implementar essa estratégia significa unir a força da criatividade e intuição de negócios com a análise de dados e monitoramento de campanhas.

Se você gostou deste conceito e quer colocá-la em prática, sugerimos a leitura do e-book: A influência da experiência do usuário nas decisões de compras. Assim, você verá a importância de entender o comportamento do seu público.

share