Mídia paga ou orgânica? Saiba por que você deve utilizar as duas.– Digital Land

Mídias paga ou orgânica? Entenda por quais razões você deve usar ambas

Mídias paga ou orgânica? Entenda por quais razões você deve usar ambas
"Apróx. 4 min de leitura".

Se você quer aprimorar a presença digital da sua empresa, é muito importante que entenda a diferença entre mídia paga e mídia orgânica antes de elaborar uma campanha de marketing digital.

Para lhe ajudar, escrevemos este post com as principais diferenças e semelhanças entre as duas abordagens e o modo de utilizá-las em conjunto para otimizar os resultados digitais da sua empresa. Confira!

 

Qual a diferença entre mídia paga e mídia orgânica?

A mídia paga é aquela de anúncios e links patrocinados, tanto nos mecanismos de busca como nas redes sociais. Entre as mais utilizada, podemos destacar o Google Adwords e o Facebook Ads.

Por meio da mídia paga no Google, o anúncio da sua empresa aparecerá entre os primeiros resultados no mecanismo de busca ou nos anúncios ao lado das páginas que o seu público-alvo visitar.

Já no Facebook, os anúncios aparecerão em forma de links patrocinados na timelime de sua persona. Nos dois casos, o custo é calculado pela taxa de cliques e as possibilidades de personalização são quase ilimitadas.

Já a mídia orgânica, se refere aos demais resultados nos mecanismos de busca de maneira gratuita. Mas, não se engane, a mídia orgânica não é de graça, é necessário investir tempo e dinheiro com um bom profissional, para a otimização de toda sua presença on-line.

Para que você atinja as metas do planejamento de marketing da sua empresa, é necessário que sua marca apareça na primeira página de buscas, de preferência, entre os três primeiros resultados.

No entanto, para conseguir esse ranqueamento é preciso trabalhar com Inbound Marketing. Essa metodologia é baseada em estudos de mercado, automação digital e, essencialmente, marketing de conteúdo.

Assim, sua empresa produzirá materiais relevantes para a persona a ser alcançada. São posts em blogs, e-books, cheklists, entre outras opções que atraem, convertem e fidelizam o público-alvo.

 

Ponto importante: Otimize as páginas que estão linkadas em suas campanhas de links patrocinados, melhore o tempo de carregamento destas páginas, utilize a palavra-chave corretamente e se atente-se a experiência de navegação do usuário, se fizer isso, o índice de qualidade de suas campanhas pagas subirá, reduzindo o valor do click, tornando suas campanhas mais baratas e efetivas.

 

Quais os benefícios que ambas as mídias trazem para a empresa?

A mídia paga é ideal para alavancar campanhas em curto prazo, devido ao rápido ranqueamento que oferece. Entretanto, é monetizada por cliques e pode se tornar onerosa com o passar do tempo.

No caso da mídia orgânica, podemos destacar que ela é mais adequada para médio e longo prazos, já que é preciso tempo para que o ranqueamento seja realizado. Como benefício, é gratuita e pode ser acessada indefinidamente.

Como alinhar mídia paga e mídia orgânica para trazer melhores resultados para a sua empresa?

Imagine uma empresa de médio porte que comercializa artigos de cama, mesa e banho está fazendo o seu planejamento de marketing digital.

A persona definida por sua equipe foi: Lígia, 36 anos, de classe média, mãe de 2 filhos menores de idade. Trabalha oito horas por dia em um escritório. Precisa conciliar o tempo entre família e profissão. Busca por produtos práticos e bonitos para usar em casa e facilitar sua vida.

Na pesquisa de mercado, você descobre que a venda de toalhas limpe fácil para forrar as mesas está em ascensão. A fim de chamar a atenção de Lígia para a novidade (a tolha limpe fácil), você patrocina links no Facebook, fazendo chamadas que apareceram na timeline de Lígia.

Quando ela for procurar por “toalhas limpe fácil” no Google, vai encontrar o anúncio de sua marca no topo das buscas.

Agora, Lígia já sabe que existem toalhas chamadas limpe fácil e que você as vende. Em curto prazo, sua empresa passou a existir para Lígia. A mídia paga aumentou a visibilidade de sua marca e atraiu mais clientes.

Por outro lado, ao visitar o site de sua marca pelo anúncio, Lígia verá, por exemplo, que existem toalhas limpe fácil para estimular as crianças a permanecerem na mesa, com ilustrações de super-heróis. Poderá baixar um e-book de como melhorar a alimentação dos filhos etc.

Ao procurar mais dicas práticas nos mecanismos de busca, a marca da empresa vai aparecer entre os primeiros resultados orgânicos. A estratégia, além do aumento de tráfego para o seu site, vai conferir mais autoridade de sua empresa ao falar desse assunto.

É a estratégia da mídia orgânica gerando resultados em médio e longo prazos.

Como é possível observa no exemplo acima, mídia paga e mídia orgânica são estratégias de marketing digital complementares.

Agora que você já sabe como integrar as duas mídias em sua próxima campanha de marketing, aproveite a visita e leia nosso post sobre como aprimorar sua presença online terceirando o marketing digital.

Related Posts

share
× Posso Ajudar?