Google Discover: entenda as novidades do novo Google Feed -– Digital Land

Google Discover: entenda as novidades do novo Google Feed

Google Discover: entenda as novidades do novo Google Feed
"Apróx. 7 min de leitura".

A funcionalidade que mostra notícias personalizadas para cada usuário, antes conhecida como Google Now, depois Google Feed, passou por mais uma atualização e ganhou recentemente o nome de Google Discover. A versão mais recente traz novidades que podem contribuir para estratégias de marketing de uma empresa, desde que algumas otimizações sejam feitas.

Neste artigo, explicamos o que é o Google Discover, as principais mudanças que ocorreram neste motor de busca e a importância da adaptação pela qual os conteúdos produzidos vão passar. Acompanhe!

 

O que é o Google Discover

O Discover, termo que em português significa “descobrir”, é o nome do novo feed do Google para smartphones. O novo aplicativo oferece artigos e outros tipos de conteúdo de acordo com o perfil e interesse de cada usuário. Como o próprio nome indica, a ideia é que as pessoas possam descobrir e acompanhar temas de seu interesse para se manterem atualizadas.

Utilizar o Google Discover é muito simples e intuitivo, especialmente para usuários de redes sociais. Seu layout é semelhante ao feed do Twitter e a seleção de conteúdos é feita quase que automaticamente. O buscador alinha os itens mais pesquisados pelo internauta com suas próprias sugestões e organiza os links em sua aba.

Por exemplo, se você está planejando obter melhores resultados para a sua empresa e pesquisa frequentemente sobre conteúdos relacionados à inovação, o Google Discover vai notar o seu interesse em questão e sugerir páginas que trarão não apenas informações recentes, mas também publicações mais antigas relacionadas ao assunto.

No entanto, o Google Discover manteve informações sobre a previsão do tempo, trânsito na região e resultado dos jogos do seu time favorito.

 

As principais novidades do Google Discover

A nova versão do aplicativo traz novidades que permitem ao usuário personalizar mais facilmente o conteúdo em sua linha do tempo. As diferenças no layout são bastante notáveis: o novo feed contém cabeçalhos que categorizam assuntos, além de disponibilizar a opção “seguir”, para que o internauta receba mais dicas e notícias sobre assuntos de seu interesse.

O internauta também tem mais controle sobre as informações que recebe. Em cada card existe a opção de marcar um assunto como desinteressante, ou indicar se deseja lê-lo mais, ou menos, ou simplesmente ocultá-lo. Às vezes, o próprio sistema pergunta ao usuário se para ele determinado tópico é ou não importante.

Outra novidade é a diversificação dos tipos de conteúdos. A nova versão além de sugerir os clássicos artigos, agora fornece imagens e vídeos sobre os temas relacionados à pesquisa do usuário. Com a mescla entre notícias novas e antigas, a empresa pretende sugerir links com base no histórico de busca e no nível de conhecimento sobre os assuntos.

Isso significa que o usuário poderá receber indicações de conteúdos que estejam relacionados com a sua jornada de compra.

Suponhamos que você queira investir em soluções de automação de marketing. Até saber que softwares como esses existem, você deve ter lido bastante sobre estratégias digitais, concorda? O Google Discover é capaz de prever o nível de conhecimento que você tem sobre determinado assunto e, dessa forma, oferecer-lhe informações mais compatíveis com o que procura no momento.

Além disso, estão previstos mais novos recursos, como, por exemplo, a sugestão de informações em português e Inglês no Brasil. Nos Estados Unidos já é possível ler conteúdos em inglês e espanhol. Em breve, a empresa pretende disponibilizar em cada país notícias em outros idiomas, além desses já citados.

 

A necessidade de otimizar a estratégia de conteúdo da empresa

O Google Discover sugere conteúdos com base no histórico de busca e interesses do usuário, sem que este tenha feito uma nova busca ou sequer mostre intenção em ler mais sobre o assunto.

Isso representa uma necessidade de mudança em estratégias de marketing. As empresas precisam manter um nível alto de engajamento de seu público-alvo, para avançarem em seu funil de marketing, do contrário o internauta poderá interagir apenas com empresas concorrentes que aparecem no aplicativo devido ao grau maior de autoridade do conteúdo que produzem.

A boa notícia é que algumas das práticas de SEO (Search Engine Optimization) e marketing de conteúdo são também aplicáveis ao Google Discover. Em primeiro lugar, é preciso produzir artigos, imagens e vídeos de qualidade, que gerem real valor para o usuário, pois assim as chances de seus materiais aparecerem no feed aumentam.

Isso tem a ver, como já dissemos, com a autoridade do seu site, pois quanto mais confiável um conteúdo mais serão as chances de ele aparecer no Google Discover. Além da qualidade dos seus próprios artigos e demais conteúdos, fazer backlinks que tragam sempre conteúdos com muita autoridade também ajuda a beneficiar seu posicionamento no Discover.

Esse engajamento é importante porque indica ao buscador que as pessoas estão aprovando o que encontram no site.

Ninguém quer ter uma alta taxa de rejeição, não é? Além de sugerir que o conteúdo não é interessante, isso prejudica a colocação do seu site no ranking do Google e pode, consequentemente, fazer com que diminuam os resultados da sua empresa.

Se você observar, algo similar acontece nas mídias sociais: quanto menor é o seu acesso a determinado perfil menos atualizações desta página você receberá, portanto, é importante sempre buscar maneiras de incentivar o engajamento da audiência com relação ao seu site.

As mídias sociais e campanhas de e-mail marketing podem ser muito úteis para fomentar essa interação do público com o site. Ao publicar um conteúdo, lembre-se de informar a seus seguidores para que visitem, comentem e compartilhem o assunto com outras pessoas nas redes sociais.

Outra dica interessante é variar o calendário editorial. Publique notícias e conteúdo evergreen (informações perenes), em diferentes formatos. Lembre-se de que a diversificação é uma das novidades que o Google Discover traz. Então criar vídeos e infográficos pode aumentar as chances de conquistar uma audiência e ser bem classificado no Discover.

 

As contribuições do Google Discover para estratégias de marketing

Investir em produção de conteúdo e SEO ainda é uma tarefa importantíssima, no entanto, o novo Google Discover é mais uma maneira de ajudar seu conteúdo a conquistar uma posição melhor no motor de buscas, e assim poder contribuir para o sucesso das estratégias de marketing digital de sua empresa.

Se você conhece a relação entre jornada de compra do consumidor e funil de marketing, entende a relevância de oferecer o conteúdo certo, no momento ideal. O aplicativo favorece essa dinâmica, pois sugere links personalizados, de acordo com buscas anteriores.

Além disso, por si só, a solução ajuda a promover os conteúdos de valor produzidos pela empresa. Se o Google entender que pode ser interessante para os usuários, o aplicativo vai divulgar links para o site sem custo com propaganda, o que pode gerar resultados sensacionais.

Eis as novidades que surgiram com o Google Discover. Além disso, você pôde ver também como essas novidades são essenciais para as estratégias de marketing das empresas que querem crescer? Avalie se os seus artigos e demais conteúdos podem ser diversificados, estude como promover o engajamento do público e aumente a autoridade do seu site ou do site da sua empresa. Essas atitudes podem alavancar seus resultados, inclusive financeiros.

Gostou deste conteúdo e quer ler mais sobre marketing digital? Então assine já a nossa newsletter.

share
× Posso Ajudar?