Brasil – Líder em SPAM | E-mail Marketing

Brasil – Líder em SPAM | E-mail Marketing

E-mail marketing ainda é sem dúvidas uma ferramenta poderosa para qualquer estratégia de marketing digital e relacionamento. Mas, se não for bem feito, você poderá afetar sua reputação por um bom tempo. O Brasil, tem uma tendência em estar à frente em referências ruins, e não é diferente quando falamos em estratégias de e-mail marketing.

A Return Path, empresa líder em avaliação, certificação e reputação de e-mail, em 2012 formulou um estudo, onde avaliou mais de 130 milhões de endereços de e-mail, que enviaram quase 20 trilhões de e-mails, usando o ‘sender score’ (pontuação de remetente de envio), foi mensurado as mensagens enviadas, entregues e bloqueadas, e o resultado:

  • Brasil: 16 pontos
  • Canadá: 70 pontos
  • Eua: 67 pontos.

E em outro estudo recente, em 2014, ressaltou que o Brasil lidera novamente, com o maior número de empresas em blacklist, e que, ao menos 35,5 % dos e-mails não são entregues. Mais um 7 x 1 para nossa lista.

Mas por qual o motivo?

Não dá pra definir somente um. Poderíamos citar inúmeros pontos que impactam negativamente a entregabilidade do e-mail marketing, como: falta de planejamento, base comprada, má segmentação da base, relacionamento, peças de e-mail construídas sem seguir as boas práticas do mercado, spf, domain key, reputação do IP, e outros.

A grande realidade, que poucos profissionais conseguem ver, é, ninguém quer receber uma mensagem não solicitada. É preciso gerar conversa, fazer o usuário entender o valor que você tem a entregar à ele. Caso contrário, você estará dando um tiro no escuro e estará apoiando mais uma má reputação que o Brasil passa para o mundo.

Você pode ver o relatório de entregabilidade da Return Path, completo aqui, veja vale muito a pena.

 

Related Posts